5 coisas que você ainda não sabe sobre ácido hialurônico

O ácido hialurônico é o queridinho dos procedimentos estéticos, como o preenchimento de rugas, diminuição de manchas e aumento do volume labial. [Continue lendo]

Isso porque é uma substância que apresenta o menor risco de complicações e reações indesejadas, já que está naturalmente presente em nosso organismo.

Quer saber mais? Então, descubra 5 coisas que você ainda não sabe sobre o ácido hialurônico:

 

#1 É natural!

O ácido hialurônico é um composto chamado glicosaminoglicana, produzido naturalmente pelo organismo. Em nosso corpo, 56% do ácido hialurônico está na pele. Ele atua preenchendo o espaço entre as células, o que a mantém lisa, elástica e bem hidratada. 

É encontrado na pele, cartilagens e, ainda, como lubrificante nas articulações. Porém, sua fabricação espontânea diminui com o passar dos anos, ocasionando as rugas, sulcos, perda da elasticidade e da firmeza.

Por isso, são indicados os procedimentos de preenchimento com o ácido hialurônico.

 

#2 Máxima hidratação

A capacidade de reter até 1000 vezes o seu peso em água, confere ao ácido hialurônico o alto poder de hidratação.

Além de contribuir minimizando a aparência das rugas através do preenchimento no local, também melhora o aspecto da pele deixando-a mais harmoniosa.

 

 

#3 O ácido hialurônico é só injetável?

Existem diferentes tipos de apresentação do ácido hialurônico, eles variam de acordo com sua viscosidade – que está relacionada à profundidade que este alcança e o efeito que promove – podendo ser utilizado em cremes, suplementação ou em aplicações subcutâneas, de acordo com a indicação do profissional.  

Através da sua ação com estímulo preenchedor, que impulsiona a produção de colágeno no local de aplicação, provoca um efeito de pele altamente hidratada, induzindo a firmeza e volume, jovialidade e elasticidade à pele.

 

#4 Reforçando o estoque natural

Alguns alimentos que possuem o ácido hialurônico podem auxiliar nesse processo de estimular a produção em nosso organismo. Entre eles estão as carnes como cordeiro, frango, sardinha e salmão. Também, hortaliças como a batata (fonte de vitaminas, potássio, fibras, …).

Alimentos com magnésio são fortes aliados na descontinuação da perda de colágeno e no auxílio à produção natural do ácido hialurônico. Neste grupo, estão as nozes, vagem, tâmaras, espinafre, sementes de girassol.

Ainda, precisamos lembrar sobre a importância que a ingestão de água tem nesse processo para uma melhor absorção dos nutrientes.

 

#5 Prevenção

Você sabia que ácido hialurônico pode ser utilizado em tratamentos preventivos do envelhecimento da pele?

Sim, é possível retardar de forma considerável a perda da elasticidade natural e o aparecimento de rugas, com aplicações da substância, em menores doses, nas regiões do rosto com mais probabilidade de surgimento de linhas de expressão.

Mas só o profissional poderá avaliar o momento correto para iniciar a intervenção como forma de prevenção.

Aliás, mesmo com todas as informações sobre o ácido hialurônico, a sua utilização em procedimentos estéticos, sendo em cremes ou aplicações injetáveis, deve ser sempre orientada por profissionais especializados.

Agende já sua avaliação na DenteBelo e receba orientações de profissionais capacitados!

 

Agende sua avaliação preenchendo o formulário em nosso site ou nos chame no WhatsApp: http://bit.ly/OlaDenteBelo (51 98435 0282).

 

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *