O que é obturação dentária?

A obturação dentária é geralmente associada à reparação de dentes cariados, mas não é só isso: além de tratar a causa da lesão, ainda previne novas cáries e bactérias.

Conheça o que é a obturação dentária, quais as indicações e os cuidados necessários após o procedimento!

[ Continue a ler]

Geralmente associada à reparação de dentes cariados, a obturação dentária tem a função de devolver a forma e a função dos dentes afetados.

Consiste na reparação, em consultório dentário, de dentes cariados ou quebrados, com a remoção da parte afetada, limpeza da região e uso de material restaurador para preenchimento dos espaços.

Como a obturação dentária é feita?

Conforme a complexidade da lesão, a obturação pode ter mais etapas, mas normalmente é realizada da seguinte maneira:

 

  1. Anestesia local na região da lesão
  2. Remoção do tecido afetado
  3. Limpeza dos resíduos
  4. Aplicação do material restaurador
  5. Lavagem e polimento

Quais os materiais mais comuns utilizados na obturação?

  • Porcelana
  • Resina
  • Amálgama (tipo de metal cinza)
  • Ouro

Indicações para a obturação dentária

A obturação dentária é indicada para tratar cavidades decorrentes da presença de cáries simples e também de lesões mais complexas, que podem afetar a polpa e o nervo do dente.

 

Mas, além dessas indicações, a obturação dentária também é usada para restaurar outros problemas:

 

Como saber se preciso obturar um dente?

O dentista pode identificar a necessidade de uma obturação dentária por meio de diagnóstico clínico ou por imagem:

Diagnóstico Clínico

No consultório, o profissional observa a aparência dos dentes e realiza alguns testes de sensibilidade, com o auxílio de instrumentos pontiagudos.

 

Pontos esbranquiçados ou sensibilidade ao toque podem indicar a presença de cáries. Corantes e manchas na superfície de mordida dos molares também são sinais comuns de cavidades nos dentes.

Diagnóstico por Imagem

Em alguns casos, não é possível identificar a presença de lesões apenas com a observação. Dessa forma, o profissional recorre ao Raio-X.

As radiografias são muito eficazes na identificação de cavidades avançadas ou entre os dentes, mas nem tanto para reconhecer lesões nas superfícies de mordida.

Cuidados após o procedimento

  • Mastigar devagar e sem empregar muita força no lado da restauração
  • Evitar mascar chicletes
  • Evitar alimentos muito quentes ou frios
  • Higienizar os dentes com frequência e delicadamente
  • Comparecer às consultas periódicas

 

Você quer saber se precisa de obturação dentária?

Agende uma consulta na DenteBelo! Contamos com profissionais especializados em dentística reparadora para realizar sua avaliação e indicar o melhor tratamento!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *