Implantes dentários em idosos: Como funciona?

Não há contraindicações decorrentes da idade para o tratamento com implante dentário.

Independente da indicação de implantes dentários para idosos ou adultos, sua função continua sendo a de substituir dentes perdidos ou que nunca nasceram.

O implante dentário é semelhante a um parafuso introduzido e incorporado ao osso da maxila ou mandíbula, atuando como raiz para o dente faltante. [Continue lendo]

Muitos idosos utilizam as próteses móveis – dentaduras – mas não se sentem seguros.

Elas podem cair ou se soltar nos momentos menos apropriados. Além disso, o atrito da prótese móvel na gengiva é incômodo e causa danos irreversíveis ao osso.

 

Saúde do idoso

Todo e qualquer paciente passa por uma série de exames antes de ser considerado apto ao procedimento.

Apesar de ser considerada segura, algumas condições de saúde desaconselham a cirurgia e, infelizmente, a idade avançada vem acompanhada de muitas delas.

A osteoporose, por exemplo, que é uma doença predominantemente idosa, quando diagnosticada como geral e estiver ativa, pode inviabilizar o tratamento devido ao desgaste no tecido ósseo.

No entanto, outras doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, se estiverem controladas, não impedem o paciente de receber o implante.

Pelo contrário, muitas doenças apresentam melhora quando o paciente está com a autoestima elevada e o implante promove essa mudança.

Caso os familiares desconheçam os benefícios dos implantes dentários para idosos, podem procurar um implantodontista para conhecer o método.

O profissional explicará todo o procedimento e, após avaliação de saúde do paciente, poderá indicar o tipo de implante indicado para cada caso.

 

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *