Como é feito um implante dentário?

Muitas pessoas ficam receosas ao usar próteses móveis, conhecidas popularmente como dentaduras, por medo de que elas saiam do lugar e causem constrangimento social. Neste caso, elas acabam optando pelos implantes.

O tratamento de implante dentário também é uma alternativa para pacientes que tiveram a raiz do dente comprometida ou perderam muitos dentes e não têm onde “apoiar” as próteses móveis.

Para realizá-lo, você precisa procurar por um profissional especializado em implante.

Somente o implantodontista poderá avaliar o seu caso e indicar o melhor tipo de implante para você. [Continue lendo]

Etapas do tratamento de implante dentário

Preparação

Antes de receber a indicação para o implante dentário, você será submetido a alguns exames locais, como tomografia e radiografia. E, caso necessário, exames gerais de saúde, como hemograma, para se certificar de que está preparado para a intervenção cirúrgica.

Nos dias que antecedem à cirurgia, é necessário tomar alguns cuidados, conforme orientações do implantodontista.

Procedimento

Após toda a avaliação e preparação, chegou a hora da cirurgia!

O implante faz o papel de raiz do dente, então, é necessário retirar toda a parte remanescente do dente que será substituído. Se não houver mais raiz, o implante dentário é instalado imediatamente.

Em alguns casos, é possível fazer a extração do restante do dente, a instalação do implante e a colocação da prótese no mesmo dia.

Mas por ser muito invasivo e depender da cicatrização, normalmente é necessário aguardar alguns meses entre os procedimentos.

É fundamental que o osso seja forte e tenha altura suficiente para receber o implante. Caso contrário, há a necessidade da realização de um enxerto ósseo.

Como é feito o implante?

O implante dentário é um pino feito de titânio, com aparência semelhante a um parafuso. Ele é instalado no interior do tecido ósseo do maxilar (arcada superior) ou da mandíbula (arcada inferior).

Para isso, o cirurgião faz um pequeno corte na gengiva do paciente. Depois, com instrumentos odontológicos específicos, faz a perfuração do osso para abrir espaço para o pino.

Por ser de titânio, o implante é biocompatível e é ósseo integrado facilmente pelo organismo.

 

 

Prótese

Após a integração do implante ao osso, finalmente é colocada a prótese, que consiste em um dente feito de porcelana ou resina acrílica. Ele simula um dente natural, mantendo coloração e formato característicos dos demais dentes do paciente.

Agora que você sabe como é feito o implante dentário, já percebeu que o procedimento é seguro, assim como o pós-operatório.

Seguindo as recomendações do implantodontista (prescrição de medicamentos, higiene e alimentação adequadas após a cirurgia), as chances de sucesso são enormes e você terá muitos motivos para sorrir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *