4 sinais de uma doença periodontal.

As doenças periodontais são causadas, na grande maioria das vezes, pela ausência ou má higiene bucal. Fique de olho em alguns sinais que podem indicar uma doença periodontal.

As doenças periodontais são infecto-inflamações causadas pelo acúmulo de placa bacteriana ao redor dos dentes. Essas bactérias se instalam nos ligamentos e ossos que suportam os dentes, e podem levar à perda deles.

O diagnóstico é realizado, através de um exame clínico, por um dentista que, caso perceba indícios de problemas periodontais, encaminha o paciente ao profissional especialista para tratamento[Continue lendo]

1.      Gengiva inchada, vermelha ou sangrando

Uma gengiva saudável possui aspecto firme e tonalidade rosa. Quando a gengiva está inchada, mole ou vermelha, é importante buscar atendimento odontológico.

Outra característica bem particular é a presença de sangue, principalmente ao realizar a higiene bucal – na escovação ou durante a limpeza com fio-dental.

A gengivite é uma doença periodontal em estágio inicial que, se tratada precocemente, pode ser facilmente revertida. Seus principais sintomas são a vermelhidão, inchaço e sangramentos eventuais.

 

1.      Mau hálito persistente

Outra característica comum das doenças periodontais avançadas é a existência de bolsas nas gengivas, abaixo e entre os dentes. Essas bolsas possuem secreção causada pelo acúmulo de bactérias e resíduos alimentares, o que resulta em mau hálito constante.

2.      Retração da gengiva

Com o tempo, a gengiva começa a retrair, dando aparência de dentes mais compridos e raiz exposta.

A periodontite é a evolução da gengivite não-tratada. Caracteriza-se pelo surgimento de bolsas periodontais e pela perda óssea da região afetada.

1.      Dentes frouxos

Com a doença mais avançada, ocorrem danos aos tecidos e ossos que suportam os dentes, causando afrouxamento e, consequentemente, a perda deles.

No último estágio da periodontite, há a destruição das fibras e ossos. Os dentes se movimentam, ficam espaçados, afrouxam e caem, prejudicando a mastigação, a fala e a aparência.

Assim como qualquer outra doença, quanto antes for realizado o diagnóstico e iniciado o tratamento, menores são as chances de perda dos dentes.

É importante ressaltar que, caso o problema tenha se agravado e haja a perda de um ou mais dentes, a substituição desse ser feita o mais rápido possível, pois a ausência prolongada dos dentes pode causar danos ainda mais graves, como o desalinhamento da arcada e disfunções da ATM.

A solução mais indicada para reestabelecer a arcada é o implante dentário, que atua como a raiz dos dentes perdidos, devolvendo a segurança para falar, mastigar e sorrir.

Para falar com um de nossos atendentes, esclarecer suas dúvidas e agendar a sua avaliação, basta clicar no link  http://bit.ly/Ola_DenteBelo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *